mozmusic

Sunday, December 10, 2006

UMA VOZ PARA O MUNDO

Moçambicana, natural de Maputo onde reside, apresenta-se regularmente em espectáculos.

Possui um disco a solo recentemente gravado 'Vuka Africa' e registou outros temas em disco integrada no Grupo RM, Orquestra Marrabenta Star de Moçambique e Amoya, para além de outros números em fita magnética gravados na Rádio Moçambique.

Aos 8 anos, sempre que ouvisse uma canção na rádio, cantarolava por cima tentando imitar.

Cultivou o gosto e sensibilidade musicais na Igreja Metodista Unida quando integrou o grupo coral. "Nos ajuntamentos familiares, meus pais, tios, avós e vizinhança sempre cantavam, dançavam, batiam palmas". A expressão popular musical tornava-se assim, o condimento indispensável e natural de convivência social.

Muito jovem Mingas participa em espectáculos organizados para descoberta de novos talentos. Possuidora de uma voz quente suave e doce Mingas encanta e conquista lugar na arena musical assinando contratos com as melhores boites existentes em Maputo. Também consolida seu lugar como cantora principal num dos melhores grupos o Hokolókwé com o qual efectua uma digressão pelo País.

Em 1987 surge o projecto 'Orquestra Marrabenta Star de Moçambique' com o qual grava em 1988 para a etiqueta 'Piranha' duas faixas 'Elisa Gomara Saia e 'A Va Sati va Lomu' canções lançadas em 1989 e 1996 respectivamente. É através destes números bastante divulgados pela Rádio Moçambique que Mingas ganha maior audiência nacional. Sua participação na 'Orquestra Marrabenta Star de Moçambique' como uma das cantoras principais foi brindada por digressões que incluiam Portugal, Cabo Verde, França, Inglaterra, Alemanha, Holanda, Noruega, Denamarca e Suécia. Ainda em Março de 1988, actua no Concerto 'Child Survival and Development Symposium' em Harare, Zimbwabwe. Neste certame desfilaram estrelas como Miriam Makeba Harry Belafonte, Hugh Massekela, Paul Simon, Manu Dibangu entre outros.

A integração da Mingas no Grupo RM em 1989 é um marco indelével na sua vida musical, tendo ganho notoriedade e espaço.

Prémios:

- 'Canção do Ano' para a canção Klonipho na parada de sucessos Top-Ngoma 2006

- 'Melhor cantora em 1993' num concurso nacional produzido pela Rádio Moçambique.

- Galardoada com 'Grand Prix Decouvertes 90', em dueto com Chico António e grupo Amoya - CD Cineta, concurso da RFI

- 'Melhor canção de 1989' para Nweti na parada de sucessos 'Ngoma Moçambique'

Destaques da carreira:

Actuação em Brasília no ano de 1989, no espectáculo de encerramento do encontro de jornalistas da CPLP partilhando o mesmo palco com Gilberto Gil e Hermeto Pascoal. Em 1990 apresentação no New Morning em Paris juntamente com Grupo Amoya. Participação como solista na música de fundo para um documentário intitulado 'The Deeper Image' produzido por Sol de Carvalho e Albie Sachs.

Movida pelo sentimento de solidariedade por questões humanas, Mingas produz em 1994 um espectáculo onde participaram vários grupos musicais incluíndo ela própria para angariação de fundos a favor das vítimas do ciclone Nádia no norte do país.

No final do mesmo ano Miriam Makeba em Moçambique de férias escuta canções da Mingas que a deixaram tão impressionada ao ponto de convida-la a integrar no seu grupo como Backing vocal e com actuacões a solo em digressões pelo mundo fora até 1999 quando Mingas retorna a seu país para dar continuidade a sua carreira a solo.

Em 2001, Mingas é mais uma vez convidada pela Miriam Makeba a actuar juntamente com 12 cantoras, ícones da música sul africana, no espectáculo 'Miriam Makeba Pays Tribute to Dolly Rathebe' no Johannesburg Civic Theatre sob direcção musical de Hugh Masekela. Dois meses depois é convidada pela PJ Powers a apresentar-se para Nelson Mandela e Graça Machel na inauguração do 'The Mandela Centre of Reconciliation' na reserva privada de Shambala, na África do Sul.

Em Dezembro Mingas apresenta-se em Maputo no Cine teatro África, espectáculo intitulado 'Saudades' coproduzido por Cine África-Mingas,

Participação em Março de 2002 no lançamento do CD Vidas Positivas que inclui uma faixa sua a solo, 'Xini Xiku Kluphaku', projecto HIV pela Medecins Sans Frontier. Em Julho canta e encanta no espectáculo 'Gala Internacional África Hoje' em Maputo onde participaram artistas como António Pinto Basto, Tito Paris, Paulo Flores e outros.

Interpretação a solo do Hino Nacional de Moçambique nas celebrações do 25º aniversário da Assembleia da República, no Palácio dos Congressos e no jantar de gala.

Mingas participa na abertura da 'Cimeira Africana' em Maputo, no ano 2003 onde Miriam Makeba actuou como a principal atracção. Convidada a cantar no jantar de gala 'Celebrando Samora Machel' . Actuação marcante no Centro Cultural Franco Moçambicano para o M.A.M.A.F (Makeba African Music & Arts Festival), apresenta Miriam Makeba em concerto.

Actuação especial na cerimónia do lançamento da Vodacom em Moçambique. 'Nweti' a canção composta por Mingas foi escolhida para o spot publicitário da Vodacom Moçambique 2003/2004

Em 2004 actua na gala dos vencedores do 'Top Feminino 2003 - Ngoma Moçambique 2003' concurso de música promovido pela Rádio Moçambique.

Participação nas celebrações da Independência Nacional na ponta Vermelha, Palácio da Presidencia. O Alto Comissariado da África do Sul em conjunto com a comunidade empresarial sul africana em Maputo convidam Mingas a cantar no Farewell dinner for Presidente Chissano.

Actuação da Mingas na 'Closing Ceremony of the Ten Year Anniversary of Freedom' no Athlone Stadium em Cape Town, África do Sul em 2005. Membro do júri no progarama televisivo semanal 'Fama show' durante 4 meses na STV. Com o patrocínio dos Portos e CFM, Mingas lança em Dezembro seu primeiro CD 'Vuka Africa' no Centro Cultural Franco Moçambicano.

Em Janeiro de 2006 participa com canções da sua autoria no filme 'O Jardim do Outro Homem', produção da Promarte-Fado Films-Les Filmes de May, direcção do Sol de Carvalho.

Actua nas comemorações dos 25 anos da TVMoçambique. Mingas abre o espectáculo 'Mariza em Moçambique' para a celebração do 31º aniversário da Independência. Actuação no 21º Colóquio da Geologia Africana em Maputo.

Actuação na abertura da semana das celebrações do 50º aniversário da Mulher Sul Africana em Maputo. Particpação no jantar de gala dos Ministros das Finanças Africanos, African - Caucaus em Maputo.